GeralNotícias

Sistema de videomonitoramento é ampliado em Guaporé

0
Tempo de leitura: 1 minuto

A meta é que nenhum veículo entre ou saia na cidade de Guaporé sem que haja o registro dessa movimentação. É com investimento e dedicação do Conselho Comunitário Pró Segurança Pública (Consepro), em parceria com o Poder Público e o Sicredi, que o sistema de videomonitoramento denominado “Monitora Guaporé” está sendo ampliado. Colaborar com os órgãos de segurança pública no combate à criminalidade, proporcionar maior tranquilidade e melhor qualidade de vida à comunidade, são os objetivos da entidade ao se empenhar para incrementar os pontos de videomonitoramento do município.
Todos os acessos, seja para o ingresso ou à saída da zona urbana de Guaporé, serão monitorados. Câmeras que fazem a leitura de placas veiculares, também conhecidas como câmeras LPR, foram instaladas nos acessos da cidade. Estes equipamentos, conectados ao sistema integrado de videomonitoramento, identificam as placas dos veículos e emitem alerta de notificação para a Central de Operações do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM), e simultaneamente para o 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT) se o veículo possui algum registro de roubo/furto. Além destes, o alerta é repassado para a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e para o Centro Integrado da Segurança Pública, localizado na Secretaria de Segurança Pública em Porto Alegre, tudo em tempo real. Os novos equipamentos operam reconhecendo tanto as placas brancas (antigas), quanto as novas (modelo Mercosul).
Seis acessos da cidade, estrategicamente definidos pela Brigada Militar, contam com as novas câmeras, e irão auxiliar no trabalho das forças de segurança. Duas câmeras LPR, instaladas no pórtico principal de acesso ao município, já operam há um ano e outras quatro foram instaladas recentemente. Mais três serão providenciadas no primeiro semestre do próximo ano. As câmeras operam 24 horas, possuem sistema de nobreak e realizam a leitura das placas dos veículos independentemente das condições climáticas ou de luminosidade, tecnologia de ponta no combate à criminalidade.
Com recursos doados pelo Sicredi Região dos Vales e o aporte de recursos dos associados do Consepro, será possível instalar outras duas câmeras Tipo LPR junto a rodovia ERS-129. A implementação depende da autorização por parte da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). A documentação necessária já está sendo providenciada pela concessionária.

Solicitações
O sistema “Monitora Guaporé”, que conta diversas câmeras da marca Hikvision com sistema Speed Dome “giram em torno do eixo vertical 360º e em torno do eixo horizontal 180º” com zoom de 20X, está cumprindo o seu papel. Pedidos de novos equipamentos estão sendo solicitados por associações de moradores de bairros mais afastados da área central, ao Consepro. As demandas são encaminhadas pela entidade à Brigada Militar, que as analisa cuidadosamente. A partir do parecer positivo, passa-se para a etapa de coletas os recursos, tanto para a aquisição dos equipamentos, quanto para a manutenção deles ao longo do tempo.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM

Sandra Meotti

Fontoura Xavier Futsal vence na estreia da Liga Unificada

Artigo anterior

2ª Jornada de Regionalização debate protocolos de segurança no turismo do RS

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral