Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

URGENTE: Toque de recolher e fechamento do comércio de todo o Vale a partir de segunda

Só poderão funcionar, com capacidade reduzida, mercados, supermercados, postos de gasolina, farmácias, agências bancárias e restaurantes.

400Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Uma reunião da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), na manhã desta sexta-feira (20), no Auditório Brasil, na Prefeitura de Encantado, definiu que a partir da próxima segunda-feira (23) todo o comércio do Vale do Taquari estará fechado.

Fica por conta de cada município emitir seu decreto, que já pode ser feito a partir desta sexta-feira (20). Conforme o 1º vice-presidente da Amvat, Celso Kaplan, há exceção para mercados, supermercados, postos de gasolina, farmácias, agências bancárias, lotéricas e restaurantes. “O comércio que puder e quiser, poderá fazer agendamentos para casos urgentes”, relata Kaplan.

Esses locais terão que trabalhar com capacidade reduzida em 50% e adotando todas medidas necessárias de cuidados de higiene. No caso dos restaurantes, precisarão afastar as mesas para que não haja aglomeração de pessoas. As agências bancárias e lotéricas precisam restringir o número de pessoas nos estabelecimentos.

“São decisões duras, que cada município vai implementar, mas que serão necessárias para que possamos preservar vidas e tocar o Vale do Taquari”. Kaplan reforça os cuidados que a população deve ter neste momento. “Vamos ficar com nossos idosos e crianças em casa. Todos que puderem, parem de circular, isso é muito importante para preservamos vidas”, pondera.

Toque de recolher

A medida, segundo Kaplan, também conta com toque de recolher. Das 20h ás 6h ninguém poderá ficar nas ruas e todos os estabelecimentos comerciais terão que estar fechados. Conforme o vice-presidente, pessoas que estão se deslocando para trabalhar, poderão estar na rua antes desse horário.

Velórios, indústrias e decretos

Há restrição também para velórios, que só poderão receber familiares e terem duração de no máximo quatro horas. Já as indústrias, conforme Kaplan, aguardam determinações da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). O setor da alimentação seguirá suas atividades com capacidade reduzida.

A partir desta sexta-feira (20) cada município da região deve emitir seu decreto. No documento, podem haver mudanças. Também poderão mudar algumas regras, dependendo do que for imposto por cada cidade, mas as determinações gerais, definidas pela Amvat, permanecem valendo para todos.

Fonte: Rádio Independente

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.