DestaqueNotíciasPolítica

VALE DO TAQUARI | Prefeitos do G-17 projetam turismo como ferramenta de desenvolvimento

0
Tempo de leitura: 1 minuto

O encontro mensal dos municípios do G-17, formado pelos prefeitos da região alta do Vale do Taquari, destacou a importância do turismo para a região. A Rota do Pão e Vinho, que liga o Vale a Santa Teresa, é o pontapé inicial para o crescimento do segmento na microrregião. O evento ocorreu nesta sexta-feira, 18, durante o lançamento do livro que marca as comemorações dos 25 anos de Vespasiano Corrêa, no CTG Seu Chico, na área central do município.

O coordenador do G-17, prefeito de Doutor Ricardo, Álvaro José Giacobbo, confirma que a Rota do Pão e Vinho, que liga Anta Gorda a Santa Teresa, na Serra Gaúcha, é uma das iniciativas que mobiliza o grupo. “Estamos estruturando a nossa organização, e esta rota já é um dos principais projetos do nosso consórcio”, conta.

Durante o lançamento do livro “De Esperança a Vespasiano Corrêa, seu povo suas memórias”, da Editora Univates, o coordenador disse que o G-17, é resultado da ampliação de outro consórcio, o G-10. A fusão agora reúne toda a região alta do Vale do Taquari. “O objetivo é dar voz e representatividade aos nossos municípios, em projetos coletivos, especialmente na área do turismo.”

O roteiro destacado pelo coordenador já começou a sair do papel. A primeira fase da obra de asfaltamento dos 22 quilômetros entre Santa Teresa e Muçum já foi autorizado. Orçado em R$ 48 milhões, o trecho inicial já tem R$ 10 milhões garantidos do governo do Estado. Ao todo, o projeto prevê a pavimentação de 62 quilômetros, ligando Anta Gorda a Santa Teresa. Além da reunião dos prefeitos, ocorreu também o encontro de primeiras-damas.

Livro conta história da Linha Esperança

Escrito para marcar os 25 anos de emancipação política de Vespasiano Corrêa, comemorados em 2020, o livro “De Esperança a Vespasiano Corrêa, seu povo, suas memórias”, foi lançado nesta sexta-feira, 18. Segundo o prefeito, Tiago Manoel Ferreira Michelon, a publicação narra a história de Linha Esperança, distrito de Muçum, contando as fases da colonização até a emancipação e os primeiros 25 anos do município. “Todos os prefeitos devem investir no lançamento de livros para resgatar a história de suas comunidades. Estamos muito felizes com este projeto”, disse Michelon.

O livro, que foi feito pela Editora Univates, conta com apoio da Lei de Incentivo à Cultura (LIC), por meio da Secretaria Estadual de Cultura. A titular da pasta Beatriz Araújo confirma a importância da publicação. “Uma obra como essa resgata a história, mas também todo o afeto contido na construção da identidade de uma comunidade. Projetos como este nos deixam muito felizes”, pontua.

O livro será distribuído à comunidade e também está disponível para download no site do projeto. O endereço para baixar o livro é o www.deesperancaavespasiano.com.br. O download é grátis.  O projeto de pesquisa foi financiado pela LIC, com o patrocínio da Ciamed, Cerfox e Dimaci. A coordenação foi da Associação dos Amigos dos Moinhos do Vale do Taquari.

FOTOS: Rodrigo Nascimento/F5 Digital

Gemerson Rogerio Santos

ESPUMOSO | Projeto do Vereador José Carlos quer incentivar a captação e reuso da água da chuva

Artigo anterior

Menina que venceu o câncer emociona equipe da Dália Alimentos

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.